Unifor on-line

Home Teatro Celina Queiroz Projeto Grandes Espetáculos Frida Y Diego

Frida Y Diego


FridaYDiego_1

Em peça inédita, Maria Adelaide Amaral traz para a cena os dois fascinantes artistas mexicanos e sua complexa relação. Com direção de Eduardo Figueiredo “Frida Y Diego” estreia no Teatro Celina Queiroz nos dias 10, 11 e 12 de abril, com a atriz Leona Cavalli interpretando Frida Kahlo e José Rubens Chachá como Diego Rivera.

Frida Kahlo e Diego Rivera viveram um grande e conturbado amor, ao mesmo tempo em que influenciavam com sua arte latina o mundo das artes plásticas europeu e americano na animada e confusa década de 30.

O espetáculo revela o reencontro dos dois artistas depois da traumática separação. Reencontro que levaria a reconciliação dos dois, numa fase muito difícil da vida de Frida, quando já bastante doente e com muitas dores, voltou a morar junto a Diego, na verdade em casas vizinhas ligadas por um corredor.

FridaYDiego_3A montagem
O convite para escrever uma peça sobre Frida Kahlo e Diego Rivera foi feito pelo diretor Eduardo Figueiredo e pelo diretor de produção do espetáculo, o ator Maurício Machado, à dramaturga Maria Adelaide Amaral em 2013. “Eu sempre tive fascínio por Frida e Diego. Vi algumas exposições dela por esse mundo afora e quando fui ao México conheci pessoalmente a obra de Diego. Estive na Casa Azul duas vezes e visitei a casa deles em San Angel. Isso alguns meses antes do Eduardo e do Maurício me encomendarem a peça”. Conta a autora. Maria Adelaide estudou profundamente a vida da dupla de artistas para escrever o texto. “Não é bem ficção. É teatro, e o tema foi intensamente pesquisado nos livros sobre Diego e Frida que já tinha e em outros que me mandaram dos Estados Unidos e México”, completa Maria Adelaide.

Para a montagem o diretor Eduardo Figueiredo focou na interpretação dos atores, “esse espetáculo é dos atores, nós só vamos preparar a cama para eles se divertirem” e optou por colocar música ao vivo no espetáculo. Em cena, dois músicos tocam acordeon e baixo. “Para mim é fundamental que uma peça como esta tenha músicos em cena, o próprio Diego Rivera era um grande festeiro e a música aqui reforça a passionalidade da relação deles. Pretendo falar da humanidade presente destes dois grandes artistas”, comenta o diretor. Outro aspecto importante para mim é fomentar questionamentos, nesse contexto específico, temas tão contemporâneos como traição e lealdade. E a obra de Maria Adelaide, apresenta, de forma explicita esse universo afetivo desses dois grandes artistas sem perder o panorama histórico que tanto os influenciaram. E a dramaturgia e o trabalho dos atores são o nosso norte no espetáculo!", acrescenta.

FridaYDiego_2Sinopse

A peça fala do casamento e relação entre de Frida Kahlo e Diego Rivera. Uma história de paixão e cumplicidade. Com todos os dramas, rupturas e reconciliações, era uma relação de liberdade e amor incondicional.

O espetáculo se passa entre o período de 1929 à 1953, no México, França e Estados Unidos, onde viveram e trabalharam: a conturbada relação do casal, as mútuas infidelidades, personalidades fortes, as suas convicções artísticas e políticas.

Ficha Técnica
Texto: Maria Adelaide Amaral
Direção: Eduardo Figueiredo
Elenco: Leona Cavalli e José Rubens Chácha
Direção musical e trilha: Guga Stroeter e Matias Capovilla
Músicos: Wilson Feitosa (acordeon) e Mauro Domenech (baixo acústico)
Direção de arte/cenografia, figurinos e adereços: Marcio Vinicius
Visagismo: Anderson Bueno
Assistência de direção: Alex Bartelli
Programação visual: Vitor Vieira
Projeto de vídeo e projeções: Jonas Golfeto
Produção executiva: Ton Miranda
Gerente de produção: Bia Izar
Direção de produção: Maurício Machado

Serviço

Frida Y Diego
Dias: 10, 11 e 12 de abril de 2015
Sessões: sexta, 21h; sábado, 19h e 21h; domingo, 19h
Ingressos: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia)
Vendas: Bilheteria do Teatro Celina Queiroz e Loja do Campus (Centro de Convivência - 1º andar)
Duração: 90 minutos
Classificação indicativa: 14 anos
Mais informações: 3477-3033 ou 3477-3290