null Pós-Unifor realiza palestra sobre reúso e dessalinização dos recursos hídricos

Pós-Unifor realiza palestra sobre reúso e dessalinização dos recursos hídricos

Aberto ao público mediante inscrição gratuita, evento vai reunir especialistas do setor dia 26 de abril


Evento conta com José Carlos Asfor (Cagece), Osvaldo Benedito Dib Melo e Júlio Sales (ambos do Instituto Água) Foto: Acervos Pessoais
Evento conta com José Carlos Asfor (Cagece), Osvaldo Benedito Dib Melo e Júlio Sales (ambos do Instituto Água) Foto: Acervos Pessoais

A Pós-Unifor realiza na próxima terça-feira, 26 de abril, palestra presencial sobre o tema “Diversificação da matriz hídrica: reúso e dessalinização”, com a participação de José Carlos Asfor, diretor de Engenharia da Cagece, e de Osvaldo Benedito Dib Melo e Júlio Sales, presidente e vice-presidente do Instituto Água, respectivamente. O evento acontecerá a partir das 17h, na sala B03, do bloco B do Campus da Universidade de Fortaleza (Unifor), da Fundação Edson Queiroz.

Aberto ao público mediante inscrição gratuita, o evento é destinado principalmente a engenheiros, estudantes de engenharia, gestores de órgãos públicos e empresas privadas dos setores de saneamento básico e infraestrutura e demais interessados na temática da água.

Suellen Galvão Moraes, coordenadora dos cursos de Educação Continuada da Pós-Unifor, salienta que muito se tem falado da dessalinização nos últimos anos no Ceará. “Além de viável, a dessalinização é uma opção realmente necessária. A viabilidade se dá quando conseguimos atender, com qualidade, diversas demandas, tanto de consumo humano como no setor produtivo e agricultura. Ao garantirmos segurança hídrica, possibilitamos maiores investimentos e geração de emprego e renda”, frisa”

Já o vice-presidente do Instituto Água, Júlio Sales, destaca que estamos numa época em que as questões ambientais assumem grande relevância, principalmente num cenário de pandemia, mudanças climáticas e de transição energética. “A disponibilidade de água em quantidade e qualidade está diretamente relacionada a esses eventos de ordem mundial”, complementa.


O debate sobre diversificar a matriz hídrica no Brasil vem se tornando mais frequente nos últimos anos (Foto: Getty Images)

 

As discussões sobre a diversificação da matriz hídrica vêm se intensificando desde 2015, quando uma severa crise hídrica se abateu sobre o Brasil. “Devido às suas características ecossistêmicas, o Ceará sofre ainda mais, devido às irregularidades nas precipitações em quantidade e em espaço geográfico. Atualmente, temos inúmeros açudes sangrando ou em vias disso e outros com volume morto. Entretanto, países com precipitações ainda menores que nosso estado desenvolveram tecnologias eficientes e políticas públicas de Estado capazes de fornecer água de qualidade para os múltiplos usos de forma perene”, finaliza Suellen Galvão.

Serviço

Palestra presencial sobre “Diversificação da matriz hídrica: reúso e dessalinização”
Data: 26 de abril (terça-feira)
Horário: 17h
Local: Sala B03 (Bloco B - Pós-Unifor)
Aberto ao público mediante inscrição gratuita.
Mais informações: (85) 3477.3229 - latosensu@unifor.br

Este conteúdo atende a três Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas: Educação de qualidade (ODS4), Água potável e saneamento (ODS6) e Vida na água (ODS14), itens que compõem a lista de indicadores que são um apelo global à ação para acabar com a pobreza, proteger o meio ambiente e o clima e garantir que as pessoas, em todos os lugares, possam desfrutar de paz e de prosperidade.
Event Navigation Portlet is temporarily unavailable.