Como fazer um currículo atualizado [GUIA COMPLETO]

Você sabe quais informações não podem faltar no currículo e quais são melhores para deixar de fora? Quer saber como colocar suas experiências, cursos e o que deve ter no cabeçalho?

Veja aqui como fazer um currículo atualizado, que te ajuda a deixar suas informações profissionais organizadas e categorizadas corretamente e, ainda, dicas para o seu LinkedIn.

Por que caprichar no currículo?

O currículo é um documento essencial para conseguir qualquer emprego. É por meio dele que os recrutadores selecionam os candidatos para participarem da seleção e, por isso, é tão importante.

O currículo é definitivamente a primeira impressão sobre você! Por isso, fazer um bom currículo vai além de incluir seus dados, pois, é preciso mantê-los atualizados, mas também especificados para a área em que deseja atuar. 

Para ter os dados do currículo sempre atualizados, mantenha uma versão editável no seu drive e edite sempre que tiver algo a adicionar.

GUIA COMPLETO DAS CATEGORIAS DO CURRÍCULO

Cabeçalho

O cabeçalho é a primeira parte do currículo e nela é onde vão seus dados pessoais. 

Nome completo

Não precisa colocar mais de um sobrenome, pode optar pelo último ou o que prefere ser chamado.

Informações adicionais

Nacionalidade, estado civil e idade

Endereço

Adicione nome da rua, cidade, estado (ex: Fortaleza/CE) e CEP.

Informações de contato

Telefone: se houver mais de um, colocar em ordem de facilidade de ser contactado, mas se escolher o de outra pessoa como adicional, deixar claro que é para recado.

E-mail: use o mais profissional que tiver

Objetivo profissional

O ideal é que o objetivo seja alinhado à vaga para qual vai se inscrever, assim, lembre-se de alterar conforme for enviar.

Essa área deve ser preenchida de forma clara, concisa e fácil de compreender, por isso, evite descrever funções ou se prolongar demais.

Exemplos de como colocar o objetivo profissional

“Estagiário de contabilidade”, “gerente de compras”, “coordenador de vendas”, “analista de marketing”, “jovem aprendiz”.

Formação acadêmica

Essa parte do currículo é a parte destinada ao estudo formal, por exemplo, educação básica, superior ou técnica.

No entanto, não é necessário colocar todos, pois o que deve ser colocado é o grau de instrução e algo que seja considerado a mais, como uma pós-graduação. Ou seja, se fez graduação não precisa colocar onde cursou educação básica. 

Porém, caso tenha pós-graduação e uma segunda graduação, é importante adicionar. Até agora o currículo deve ficar assim:

Nível + nome do curso + instituição acadêmica + período de término

Veja exemplos de como colocar formação acadêmica no currículo

- MBA em Controladoria e Gerência Contábil, Universidade de Fortaleza - 2021

- Graduação em Ciências Contábeis, Universidade de Fortaleza - 2018

Se você ainda não teve oportunidade de cursar o ensino superior, coloque o seu grau médio:

- Ensino Médio, E.E.M. Adauto Bezerra, 2015

Idioma

Caso fale outros idiomas, também é importante colocar no currículo, afinal, para algumas vagas pode fazer toda diferença. No entanto, se o nível for muito básico, melhor tirar esse campo.

Para adicionar é simples:

Idioma + Nível

Exemplo:

Inglês intermediário

Experiência profissional

O campo de experiência profissional é um dos mais importantes, pois é nesse espaço que os recrutadores saberão se você, de alguma forma, desempenhará de imediato as tarefas do cargo disponível.

Nome da empresa + período + cargo + funções + resultados obtidos (se for o caso)

Veja um exemplo:

Vendas S/A ago.2017 a atual (caso ainda esteja na empresa)

Cargo: Gerente de contas

Funções:

Gerenciamento de equipe de atendimento

Prospecção de novos negócios

Elaboração de propostas e orçamentos

Resultados principais: aumento de 200% em vendas após criação de roteiro de atendimento. Diminuição de 50% do tempo de atendimento após a implementação de CRM especializado.

Caso tenha tido mais de um cargo, coloque em ordem crescente, com período, cargo e funções.

Basta listar suas experiências em outras empresas da mesma forma.  

Cursos e outras atividades

Além da formação acadêmica, muitas áreas exigem cursos específicos que agregarão muito ao seu currículo. Nesse campo basta adicionar o curso, a instituição e a data de formação.

No entanto, é nesse campo que você também deve adicionar palestras, workshops e mentorias.

Veja exemplos:

Para cursos, adicione:

A Escrita e os Sentidos, pela Unifor, out.2021

Para congressos, eventos e workshops adicione:

Congresso Nacional de Vendas, set.2020

Para palestras, adicione:

Transformando ação em liberdade, Thiago Nigro, nov.2021

Competências e habilidades

Para algumas áreas e vagas também é importante adicionar informações que não podem ser incluídas nos campos anteriores, por isso, adicione mais uma área, se for o caso.

Nesse campo você pode adicionar o uso de ferramentas, habilitação e disponibilidade. Lembrando que essa parte dependerá totalmente da vaga em que está concorrendo. 

Veja um exemplo:

Tipo de CNH: D

Sales Cloud Salesforce

RD Station CRM

Pacote Office

3 dicas importantes para o currículo

Até aqui você viu um guia de como preencher um currículo corretamente. No entanto, algumas dicas importantes vão além das informações que um currículo deve conter.

Cases e portfólios

Algumas áreas precisam de detalhes específicos, além das informações necessárias ao currículo. Por exemplo, para publicitários ou designers de moda, o profissional precisa mostrar mais do que as informações, pois é interessante trazer cases e portfólios.

Não é obrigatório, claro, no entanto, mostrar o que já fez pode impressionar o recrutador. Como os currículos hoje são normalmente entregues em versão online em pdf, adicione o link do portfólio ou case de sucesso nele.

Para algumas vagas específicas, também inclua os cursos e ferramentas que farão toda diferença para os recrutadores. 

Não inclua informações indiferentes a sua vaga

Quando se tem mais experiências ou tempo no mercado de trabalho, naturalmente pode acabar ocupando mais cargos ou trabalhando em mais empresas. Assim, terá mais experiências para colocar no currículo, fazendo com que fique mais longo.

Embora pareça interessante mostrar toda sua experiência, pode ser melhor deixar apenas as que fazem sentido para a vaga. 

Além disso, fazer isso deixa o currículo mais fácil de ler, afinal, os recrutadores precisam analisar diversos documentos e não escolhem por tamanho e sim por qualificação para a vaga.

Você pode colocar as experiências dos últimos cinco anos ou experiências que se encaixem melhor para a vaga que pretende se candidatar.

Caso você esteja em busca do primeiro emprego, também pode adicionar as atividades extracurriculares que se encaixem. Por exemplo, participação de grupos de debate ou aulas de redação.

Não precisa de foto ou elementos gráficos

Não precisa adicionar foto ao currículo, a não ser que seja exigido pela empresa. Caso precise, escolha uma foto simples e natural. Não coloque selfies, fotos em festas ou viagens. Uma foto simples vai agir mais a seu favor.

Também não adicione arabescos, figuras geométricas, bordas ou elementos gráficos em geral. Além disso, opte por fontes mais sóbrias e de fácil leitura, como Times New Roman ou Calibri.

Tenha uma conta no LinkedIn

O LinkedIn é uma rede social profissional, por isso muitas empresas e recrutadores estão e buscam perfis de candidatos por lá. Por isso, além de ser uma rede social específica, seu perfil pode também funcionar como um pré-currículo on-line.

Como a tecnologia faz parte da nossa rotina, assim como as redes sociais, espera-se que os contatos profissionais pelo LinkedIn cresçam bastante.

A rede social é ótima para fazer conexões com outros profissionais aumentando seu networking, mas também ajuda aumentar a sua credibilidade profissional.

Além de tudo isso, no LinkedIn você também pode ver as vagas disponíveis e ainda adicionar um alarme para ser avisado quando sair uma oportunidade de emprego.

Dicas de como fazer seu perfil se destacar no LinkedIn

·         Escolha uma foto simples e profissional, evitando fotos em viagens ou em contextos muito distantes do trabalho. Escolha imagens mais neutras e simples, sem filtros.

·         Faça um bom resumo, simples, claro e que tenha o que precisa. Responda às perguntas “o que já fiz” e “quais as experiências que fazem sentido profissionalmente”

·         Adicione informações em todas as seções, incluindo organizações e projetos filantrópicos que participou.

·         Seja ativo, faça publicações e crie conexões para que seu perfil seja mais fácil de encontrar por outros usuários.

Turbine seu currículo com uma graduação na Unifor

Um diploma no ensino superior faz toda diferença no seu currículo, por isso, não deixe de abrir as portas para o mercado de trabalho com ele. 

No entanto, melhor do que um diploma, é ter uma graduação em uma instituição de ensino reconhecida internacionalmente, como a melhor particular do Brasil, a Unifor!

Além de eleita a melhor instituição de ensino superior particular do Brasil, a Universidade de Fortaleza tem tudo que você precisa para ter as melhores oportunidades do mercado. 

  • Uma estrutura completíssima, como boa localização, espaços de ensino, biblioteca, laboratórios e muito mais

  • A Central de Carreiras e Egressos tem oportunidade de estágio e emprego logo nos primeiros semestres do curso

  • Diversas opções de bolsas de estudos disponíveis para nossos futuros alunos

  • Parcelamento exclusivo Unifor, onde o aluno paga 50% das mensalidades durante o curso e o restante apenas quando se formar 

  • Entrada facilitada com FIES e P-FIES para alunos que precisam de uma forcinha financeira

A Unifor é o nome de peso que o seu currículo precisa, então, não perca tempo e comece agora sua jornada na Melhor. Clique aqui e veja 10 curiosidades sobre a Unifor que te ajudam a conhecer melhor a sua nova Universidade.

Receba seu e-Book gratuitamente

Guia de Profissões Unifor

Receba seu e-Book gratuitamente