angle-left “O papel da Psicologia Social em tempos de crise social e política” é tema de seminário na Unifor

“O papel da Psicologia Social em tempos de crise social e política” é tema de seminário na Unifor

Evento acontece dia 18 de junho, às 9h30. Haverá entrega de certificados aos participantes (Foto: Ares Soares)
Evento acontece dia 18 de junho, às 9h30. Haverá entrega de certificados aos participantes (Foto: Ares Soares)

O Laboratório de Estudos sobre Processos de Exclusão Social (Lepes), vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Unifor, realiza, no dia 18 de junho, o seminário "O papel da Psicologia Social em tempos de crise social e política".

O evento acontece às 9h30, no Auditório A-04. Os participantes podem se inscrever pelo link abaixo. Haverá entrega de certificados para os participantes.

O seminário contará com a participação da profa. dra. Pollyana de Lucena Moreira (Unifor), que abordará o tema "Ideologia: eu preciso de uma para viver?"; da profa. dra. Elza Maria Techio (UFBA), que falará sobre "Estereótipos e cotas raciais: o poder da discriminação"; e da profa. dra. Ana Raquel Rosas Torres (UFPB), com a temática "As diferenças raciais e sua relação com as desigualdades sociais”.

"O Brasil ainda tem muito o que avançar em termos de respeito às diferenças, diminuição de desigualdades sociais e garantia dos direitos humanos. Neste sentido, pensamos que levar informação para as pessoas sobre esses problemas sociais é uma forma de intervenção social. Sendo assim, o objetivo do seminário é proporcionar aos alunos de graduação e pós-graduação, bem como ao público em geral, uma visão científica de alguns problemas sociais que temos enfrentado na nossa sociedade", afirma a professora Luana Elayne Cunha de Souza , coordenadora do Lepes. 

Sobre o Lepes

Vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza, o Laboratório de Estudos sobre Processos de Exclusão Social (Lepes) foi criado em 2015 pelas professoras Luana Souza e Luciana Maia. O grupo tem como objetivo desenvolver pesquisas e intervenções no campo do preconceito.

As principais linhas de pesquisa investigadas são: Análise dos diferentes tipos e formas de expressão do preconceito contra minorias sociais; Impacto da exclusão social em aspectos psicossociais da vida dos indivíduos; e Processos de legitimação das desigualdades sociais. Atualmente, conta com a participação de um professor colaborador, uma pós-doutoranda, três doutorandos, onze mestrandos, oito alunos de Iniciação Científica e oito alunos voluntários.

Serviço

Seminário "O papel da Psicologia Social em tempos de crise social e política"
Data: 18 de junho de 2019 (terça-feira)
Hora: 9h30
Local: Auditório A-04