angle-left Fundação Edson Queiroz construirá complexo de arte e cultura

Qua, 5 Junho 2019 09:09

Fundação Edson Queiroz construirá complexo de arte e cultura

O novo equipamento será construído no lugar do antigo Centro de Convenções.


O antigo Centro de Convenções Edson Queiroz, em fotografia de 2011 (Foto: Paulo Targino Moreira)
O antigo Centro de Convenções Edson Queiroz, em fotografia de 2011 (Foto: Paulo Targino Moreira)

O governador Camilo Santana e a presidente da Fundação Edson Queiroz, Lenise Queiroz Rocha, formalizam na próxima sexta-feira, 7 de junho, a devolução do antigo Centro de Convenções para a construção de complexo de arte e cultura. A solenidade acontecerá às 10h, na Reitoria da Unifor, com a presença do chanceler Edson Queiroz Neto, da reitora Fátima Veras, de vice-reitores e diretores da Universidade, além de secretários estaduais.

A reunião acontece após o Governo do Estado publicar no Diário Oficial do Estado (DOE) a lei nº 16.900, de 28/05/19, devolvendo a área de aproximadamente de 14 mil m² à Fundação Edson Queiroz.

A história do Centro de Convenções teve início em 1973. Em função de o Ceará não dispor de um espaço para abrigar eventos de grande porte à época, o chanceler Edson Queiroz resolveu doar o terreno ao governo estadual, para a construção do antigo Centro de Convenções. Por um longo período, o Centro de Convenções Edson Queiroz abrigou os principais shows, congressos e palestras do Ceará. Este ciclo terminou em 2012, com a inauguração do moderno Centro de Eventos pelo governador Cid Gomes.

Novo complexo de arte

A Fundação Edson Queiroz construirá no local um moderno complexo de arte e cultura, composto de museu, teatro, auditórios e salas multifuncionais. O museu servirá para acolher a coleção de obras de arte da Fundação Edson Queiroz, bem como para apresentação de exposições nacionais e internacionais, que atualmente acontecem no Espaço Cultural Unifor, inaugurado em 1988, reformado em 2004 e ampliado em agosto de 2018.

A construção do complexo, que se tornará uma das principais opções de entretenimento artístico e cultural do Ceará, ficará sob a responsabilidade da Fundação Edson Queiroz.

Na lei sancionada pelo governador Camilo Santana, o governo estadual ressalta que o complexo cultural da Fundação Edson Queiroz gerará “retorno imensurável em diversos aspectos, desde o incremento do turismo à elevação do status do Ceará como polo artístico e cultural do Nordeste”. O novo equipamento dará, assim, continuidade ao trabalho desenvolvimento pelo Espaço Cultural, na difusão da arte e cultura e na formação de plateia.

Só nos últimos 15 anos, o Espaço Cultural Unifor abrigou 54 exposições, de importantes artistas nacionais e internacionais, como Miró, Rembrandt, Rubens, Antonio Bandeira, Burle Marx, Helio Oiticica, Iberê Camargo, Leonilson, Portinari, Raimundo Cela e Vic Muniz, entre outros, além de 19 edições da Unifor Plástica, iniciativa de valorização da arte do Ceará. Desde sua reforma, em 2004, o Espaço Cultural Unifor já recebeu mais de 1 milhão de pessoas, entre turistas, universitários e alunos de escolas das redes pública e privada.